Fragmentum

Está aberta chamada para publicação nos número 47 e 48 do periódico Fragmentum.

Fragmentum 47. Jan.-Jul. 2016. Literatura.

Literatura e Filosofia
Organização: Maria Celeste Lopes Natário (Universidade do Porto – Portugal) e Lucília Maria Abrahão e Sousa (Universidade de São Paulo – Campus de Ribeirão Preto)

Ementa: As articulações entre a filosofia e a literatura, a partir do discurso, potencializam um campo teórico e analítico que muito nos interessa e que faz do encontro a possibilidade de interlocução entre diferentes campos de investigação. Para o número 47 da Fragmentum, propomos sistematizar tais articulações considerando: a) os modos de inscrição e de significação de temas filosóficos em obras literárias; b) a forma de a literatura estabelecer-se como um terreno fecundo para as indagações sobre o humano e a criação; c) a inscrição da subjetividade como posição discursiva instada a partir da trama literária. Os textos que problematizarem tal feixe de questões podem enriquecer os referidos campos do saber, desafiando o pesquisador a revigorar o entremeio de percursos com objetos e conceitos em movimento.
Prazo de envio: 31 de março de 2016.
Fragmentum n. 48 – Ago.-Dez.2016. Linguística.

Organização: Marie-Anne Paveau (Universidade de Paris 13 – SPC) e Cristiane Dias (Laboratório de Estudos Urbanos – Labeurb/Nudecri-Unicamp)

Ementa: Considerando o digital como condição de produção dos discursos, a proposta do número 48 da revista Fragmentum é tratar da materialidade digital, a saber, discursos constituídos no digital, nativos da web/internet, a partir de um aporte teórico analítico que leva em conta a profundidade histórica e epistemológica necessária para os estudos dos discursos digitais. Também é objetivo desse número refletir sobre o modo com se tem praticado a análise do discurso digital: que conceitos e dispositivos?

En tenant compte du numérique comme condition de production des discours, on propose, pour le numéro 48 de la revue Fragmentum, réfléchir sur la matérialité numérique, à savoir des discours natifs du web/Internet, d’après un cadre théorique d’analyse qui prend en compte la profondeur historique et épistémologique nécessaire à l’étude des discours numérique.C’est aussi le but de ce numéro réfléchir sur la pratique de l’analyse du discours numérique: quels concepts et dispositifs?
Prazo de envio: 31 de junho de 2016.

Fragmentum é um periódico científico semestral, da área de Letras e Linguística, Qualis B3, produzido pelo Laboratório Corpus, do Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL), da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Para saber mais sobre a política editorial e outras chamadas, acesse www.fragmentum.corpus

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s